...
...

Nesse artigo ” Medicina em faculdade privada: vale a pena?” queremos colocar os pontos positivos e negativos dessa jornada exaustiva e longa.

Qual a diferença da faculdade pública x privada?

Primeiro ponto é saber qual o seu sonho?  Quais os principais pontos que você procura em uma universidade ? Sua família tem condições financeiras? Você tem o objetivo de trabalhar com pesquisa? Esse é o seu sonho ou da sua família? Por que se tornar médico?  você esta disposto a pagar esse custo por você? 

 

Como qualquer escolha na vida sempre terão os dois lados da moeda e independente de ser uma faculdade pública ou privada, não confie nelas  para o seu futuro.

As universidades ou faculdades  privadas são aquelas sustentadas por iniciativas privadas, e como qualquer empresa elas visam o LUCRO e, por isso, o estudante precisa pagar uma mensalidade para frequentar o curso que deseja.

( Exceções dos programa de FIES, Prouni ou bolsas da universidades) 

Tanto as universidades públicas quanto as particulares são regulados pelo MEC para que os cursos oferecidos sejam de qualidade. O Ministério da Educação tenta garantir que o ensino privado seja tão bom quanto o público, e em alguns estados o público ser tão bom quanto o privado. 

As faculdades privadas precisam cumprir requisitos exigidos por lei. Assim, um curso que não seja certificado ou validado pelo MEC, por exemplo, ” não pode ser ofertado no mercado”. Se você deseja ser um pesquisador por exemplo, não aconselho ir em uma faculdade PRIVADA no Brasil, pois o investimento em pesquisa é mais baixo.Então, em universidades públicas. Quando você vai validar um diploma na Europa ou Eua, eles perguntam frequentemente sua relação com pesquisa. Dica: Quer ser pesquisador? Saia do Brasil nem que seja por um período.

Sempre tem um espertinho dizendo, “Lá nos Eua as faculdades privadas tem um investimento em pesquisa” SIM, por que as faculdades são privadas e até lá os maiores investimentos são públicos.

Segundo ponto seria que a frequência de graves em instituições particulares é quase zero.A grade curricular, assim como a diversidade de professoras nas universidades particulares são maiores na grande parcela dos casos

infraestrutura geralmente é melhor na rede privada, bem como as acomodações e os laboratórios. Isso não é sempre. 

Diferença de currículos 

Qual o seu objetivo?  Currículo importa? Dentro dessas perguntas existem muitas variáveis.

Um exemplo simples, a grande parcela dos pacientes não irão te perguntar aonde você se formou, ou o que você fez durante sua jornada acadêmica.

 Primeiro ponto, na vida real se você vai se dedicar a área acadêmica ou em grandes centros, isso é extremamente importante.

Segundo ponto, se o seu objetivo é o assistencialismo ou mercado privado, isso não terá tanto valor, talvez  os chefes dos serviços irão valorizar bons currículos, boa experiência e “soft skills.”.

Caso, você tenha o desejo de ir para fora do País não vemos tanta diferença, pois cada local tem sua forma de revalidação de diploma.

Diferenças para o Mercado 

Qual mercado você se imagina em 5-10 anos? Qual seu plano A ou B?

Cada vez mais o mercado privado da medicina está copiando o ” mundo corporativo” com foco nos resultados e habilidades.

O mercado acredita ” que você” tenha uma boa formação e está preocupado com algo a mais.

Entretanto isso não é um regra, em grandes centros e hospitais os seus títulos  e residências podem ser importantes!

“Quero montar um consultório de estética! ” esqueça títulos e pode ir para “cursos”, resultado e marketing. Não precisa ter uma boa formação ? Na nossa opinião a formação de qualidade é essencial, porém ela não será sua garantia de SUCESSO.

FIES ou financiamentos vale a pena?

Vale a pena pagar R$11.000 reais em uma faculdade de medicina? Vale a pena pagar um financiamento de um banco e saí devendo 900 mil a 1milhão em uma faculdade  de Medicina?

Essa resposta não sabemos. Acredito que você deve avaliar tudo isso, o custo e o peso são altos, na medicina não existe flores, muito menos garantia!

“Mais qualquer médico ganha 10mil reais”, verdade, uma grande parcela, mas até quando você acha que isso vai durar? 

Financimentos em bancos privados devem ser observados com cuidado principalmente os contratos. Solicite  ajuda de um advogado.

FIES vale a pena? O primeiro ponto é que diferente do Prouni o Fies não é uma bolsa de estudo e você vai precisar pagar as mensalidades depois de se formar.

Eu vou dar ” um calote  no Fies” não é tão fácil quando parece e isso pode se tornar um grande problema para você e sua família.Outra opção interessante seria entrar na justiça enquanto estiver na residência médica, é uma dor de cabeça que pode valer a pena, individualizando cada caso.


Se vale a pena? Para quem não tem condições é excelente. Existe um problema como tudo no Brasil, que é o ” jeitinho brasileiro” ou seja as pessoas burlão o sistema e vemos muitas famílias com grana ou Ricas usando o sistema.

Durante o período de utilização do FIES, isto é, logo depois de assinar o contrato e o período de carência, após se formar, o estudante tem de pagar os juros de financiamento. Esse valor é pago a cada três meses e não pode ultrapassar R$ 150. A carência é de 18 meses após a conclusão do curso.

Hoje,  juros do fies está em 6,5% ainda mais baixo que a taxa selic, e ele pode ser ajustado com o tempo.

Deixa eu te contar que esse também é um grande problema dos EUA que tem uma dívida de não pagadores de 1,7 trilhão de dólares. 

Lembre-se que a faculdade é apenas uma pequena parte da formação da sua jornada na medicina, ela faz parte do “TODO” E NÃO É o todo.

E ai, Qual a melhor opção faculdade pública ou privada? 

Agora, que você esta sabendo tudo sobre “MEDICINA EM FACULDADE PRIVADA: VALE A PENA?”

Queremos te indicar esse artigo https://medicineme.com.br/medicina-baseada-em-evidencia-funciona/

links:

https://www.forbes.com/sites/zackfriedman/2021/02/20/student-loan-debt-statistics-in-2021-a-record-17-trillion/?sh=2f6387e71431

Newsletter

Assine nossa newsletter para receber conteúdos exclusivos da Nova Medicina