...
...
Você sabia que a Organização Mundial de Saúde atualizou as recomendações para a vacinação contra o HPV?

Com a mudança, é possível vacinar indivíduos de 9-20 anos com uma ou duas doses, e mulheres maiores de 21 anos que ainda não foram vacinadas deverão receber duas doses com intervalo de 6 meses cada!

Mudança na vacinação do HPV

Mas o que você conhece sobre o HPV?

Sabe-se que infecções virais contribuem para quase 20% de todos os cânceres e o câncer de colo uterino é o segundo mais comum em mulheres de todo o mundo, sendo 90% desses causados pela infecção por HPV.

Mudança na vacinação do HPV

Existem mais de 180 tipos diferentes de HPV, 15 deles com propriedades oncogênicas. Os principais são o 16 e o 18. Ainda assim, a maioria das mulheres nunca desenvolverão câncer, já que a maioria dessas infecções são transientes e assintomáticas. A infecção é sexualmente transmissível, e é mais prevalente em mulheres de 18-30 anos. Acredita-se que no Brasil possua de 9 a 10 milhões de infectados pelo HPV.

No Sistema Único de Saúde, dispomos da vacina contra o papilomavírus humano 6, 11, 16 e 18, composta por partícula da cápsula do vírus-antígeno de superfície, sendo preconizado para meninas e meninos de 9 a 14 anos, com 2 doses (a segunda seis meses após a primeira)

https://www.gov.br/pt-br/noticias/saude-e-vigilancia-sanitaria/2022/09/saude-amplia-vacinacao-contra-meningite-e-hpv-entenda-o-que-muda

Se atualize e fique atento as mudanças.  

Mudança na vacinação do HPV

Newsletter

Assine nossa newsletter para receber conteúdos exclusivos da Nova Medicina